Desfile cívico é realizado no bairro Tessele Junior.

Foto: Kassiano Souza

Na tarde de ontem (8) um desfile cívico feito na praça do bairro Tessele Junior, trouxe atrações da Igreja Adventista do sétimo dia como, o grupo de desbravadores, que trouxe sua fanfarra como atração principal.

” A ideia do desfile cívico surgiu quando a gente viu no calendário que o dia 7 ia cair no Sábado e como fazemos parte da igreja adventista do sétimo dia, não fazemos nada que seja para nosso ego no dia do sábado, então a gente optou por fazer um projeto pra chamar atenção aqui para o Tessele.”

Com o tema que valoriza a vida, a comunidade religiosa preza pelas vidas e bem estar dos jovens.

Foto: Kassiano Souza.

“Escolhemos este tema valorizando a vida por causa da violência que acontece no tessele, mais com adolescentes entre 15 a 18 anos, então a gente achou valido apresentar este e outros projetos que são desconhecidos da comunidade para ajudar a desviar estes adolescentes do caminho do mal.” Lidiane Oliveira.

Ainda em entrevista para a equipe do MT Alerta, a coordenadora Lidiane Oliveira falou mais dos projetos que trouxeram para o desfile.

“Fizeram parte o clube dos desbravadores, que trabalhamos com jovens de 10 a 15 anos, trabalhando o físico, mental e espiritual trabalhamos estas partes da vida de um adolescente, temos o projeto arroz na mesa que ajuda as famílias carentes recolhendo alimentos e doando para pessoas necessitadas, temos os aventureiros que são crianças de 6 a 9 anos que tem o mesmo intuito dos desbravadores e tem o projeto Mel que é das mulheres da igreja adventista que é um projeto social que ajuda as famílias carentes.”

Houve participação do projeto Arroz na Mesa que é um projeto social fundado há um ano, que tem o intuito de arrecadar alimentos e outro itens para o bem estar de famílias carentes.

Foto Kassiano Souza

” A finalidade é arrecadar doações, independente do que for como, alimentos, moveis, eletro domésticos a gente arrecada e doamos para as famílias carentes que estão chegando em Lucas do Rio Verde.” Finaliza o cofundador do projeto arroz na mesa Francisco Lopes.

 

Foto: Kassiano Souza

 

Fonte: Redação MT Alerta.

 

Diga o que você achou desta matéria

Please enter your comment!
Nome

*

code