Inicialmente serão disponibilizados 100 mil exames.

Tania Rego

O Governo do Distrito Federal (GDF) começa nesta terça-feira (21) o serviço de teste em locais públicos para identificar pessoas infectadas com o novo coronavírus. Serão disponibilizados inicialmente 100 mil exames para os moradores da capital.

O sistema de drive thru (no termo utilizado pelos restaurantes e lanchonetes), já adotado em outros estados, será também adotado pelo GDF. Quem for testado permanece no carro, para evitar aglomerações de pessoas com sintomas.

A iniciativa vai começar nas áreas com maior incidência do vírus, o Plano Piloto (região central de Brasília) e Águas Claras. Devem procurar os postos de testagem pessoas que apresentem sintomas de gripe, incluindo febre, há pelo menos sete dias.

Isso exclui quem tiver apenas tosse, por exemplo, ou quem estiver sentindo os sintomas há menos de uma semana. A recomendação da Secretaria de Saúde é que as pessoas utilizem máscara para se dirigir aos pontos de testagem.

Para conseguir ser testada, a pessoa precisa levar consigo documento de identificação e comprovante de residência. Os interessados serão atendidos por ordem de chegada. Ao chegar ao local, haverá uma triagem e, em seguida, serão encaminhados para o exame. O procedimento poderá coletar sangue ou materiais da garganta e nariz dos pacientes.

Os locais de testagem são:

Unieuro Águas Claras

Uniplan Águas Claras

Residência Oficial

Mane Garricha

Parque da Cidade

Edição: Aline Leal