Investimento de cerca de R$ 2 milhões mudará a forma como o consumidor se relaciona com Procon, dando mais celeridade e transparência aos processos
Foto por: Assessoria

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) e a Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor  Procon/MT firmaram uma parceria para executar a proposta de Transformação Digital do órgão estadual. Com investimento de mais de R$ 2 mi, o projeto vai ter mudar a forma como o consumidor se relaciona com o Procon, dando mais celeridade e transparência aos processos e alcançando o estado todo.

Na tarde desta quinta-feira (05.11), o diretor presidente da MTI, Antônio Marcos de Oliveira, juntamente com a secretária de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), Rosamaria Carvalho, e o secretário adjunto do Procon-MT, Edmundo Taques, apresentaram o projeto ao governador Mauro Mendes e ao secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

O governador ressaltou a importância do projeto. “Como eu já disse em outras ocasiões, precisamos devolver ao cidadão melhores serviços e isso passa pelo Procon, que é um órgão fundamental para o nosso cidadão”.

Atualmente, o Procon não conta com um sistema de informação próprio para gestão dos processos internos. O trabalho é executado por meio do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), do Ministério da Justiça. Assim, o projeto de Transformação Digital vai possibilitar a extração eficiente de indicadores para melhor mensurar e otimizar as ações da pasta.

De acordo com o secretário adjunto do Procon-MT, em 2020 o órgão vem atuando para modernizar os processos internos. Mas a partir do investimento em transformação digital, o Procon de Mato Grosso será um dos mais modernos do país, servindo até mesmo de referência para demais órgãos de defesa ao consumidor.

Assessoria

TRANSFORMAÇÃO DIGITAL

De acordo com o diretor presidente da MTI, Antônio Marcos de Oliveira, além de um sistema de gestão próprio, o Procon irá se integrar o MT Cidadão, a plataforma de transformação digital de Mato Grosso, que possibilita a troca de informações entre vários órgãos e entidades governamentais, por meio de uma rede segura de interoperabilidade de dados. O aplicativo ainda disponibiliza em um só lugar vários serviços digitais essenciais e relevantes para o cidadão.

Por meio do app, que também estará integrado ao Nota MT, o consumidor mato-grossense poderá abrir chamados e registrar reclamações junto ao Procon-MT sem ter que ir até o órgão.

A transformação digital do Procon contempla melhorias nas áreas de atendimento, fiscalização, conciliação e gestão, com investimos em B.I. (Business Intelligence), que vai auxiliar na transformação dos dados em informações significativas e úteis, melhorando assim o serviço entregue ao consumidor.

A reunião contou com a participação do assessor executivo da MTI, Saffyk Vicuna, do gerente da Unidade de Gestão e Projetos, Sócrates Barros, do gerente da Unidade de Gestão em Inovação, Paulo Macedo e dos analistas de TI, José Eduardo Borro e Luciano Luiz Bigatão.

A Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT) é vinculada à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Assessoria | MTI