Governo de MT faz barreira sanitária em Aeroporto Marechal Rondon

Os passageiros que desembarcarem no aeroporto, em vôos que saíram de São Paulo, passarão por uma triagem.

Foto: Rafaella Zanon/Secid-MT

O governador Mauro Mendes (DEM), declarou que será feita uma barreira sanitária no Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, na região metropolitana da capital.

A medida deve começar a vale a partir desta quarta-feira (25). Os passageiros que desembarcarem no aeroporto, em vôos que saíram de São Paulo, passarão por uma triagem.

O mecanismo de controle só deve ser feito com passageiros que saíram de São Paulo porque o estado já registrou 40 mortes por coronavírus e é o que mais apresenta casos confirmados no país.

No aeroporto, a equipe da SES deverá fazer algumas perguntas para saber as condições em que o passageiro se encontra, onde ele esteve, por quanto tempo esteve fora, entre outras informações.

A pessoa será registrada e monitorada pela secretaria durante um período para saber se o quadro dela evolui para a infecção do vírus ou não. Essa pessoa deve ficar em isolamento domiciliar enquanto é monitorada.

“Não é um mecanismo de controle que passa por cima do governo federal, mas um controle feito diretamente pelo estado, para monitorar e tentar evitar ao máximo que mais casos sejam trazidos a Mato Grosso”, explica o governador.

Fonte: G1MT