Foto: Reprodução

Polícia está investigando a denúncia contra um homem de 41 anos, acusado de estuprar a filha, a enteada e a sobrinha da ex-mulher, em Primavera do Leste. Duas das vítimas são menores, já a outra, de 20 anos, contou que foi estuprada quando ainda era criança.

A denúncia foi feita após a mãe das vítimas tomar conhecimento do fato, na manhã de segunda-feira (24). Segundo ela, o ex-marido, com quem foi casada há mais de 10 anos, foi acusado pelas meninas de ser o autor da violência sexual.

Após tomar conhecimento do fato, a mulher foi conversar com uma sobrinha, que hoje tem 20 anos. E para a surpresa dela, a jovem afirmou que, quando era criança, também foi vítima de estupro do agressor.

Segundo a jovem, ele chegou a passar a mão na genitália dela em um dos episódios, quando ela usava uma saia. Já a filha biológica do agressor afirmou que no ano passado foi atacada pelo pai. Ela relatou que ele ficou esfregando o órgão genital no corpo dela. Já a ex-enteada relatou que o estupro foi com penetração.

Ela relatou que as agressões começaram quando ela tinha 7 anos de idade – hoje está com 15 – e  que só terminaram após a mãe e o agressor se separarem. O caso foi registrado na Polícia Civil e está sendo investigado. Não há informações sobre prisões.

Gazeta Digital