Motorista suspeito de atropelar e matar músico se apresenta à polícia, é ouvido e liberado em Cuiabá

Conhecido como Kaká, Carlos participou de grupos de samba e outros movimentos culturais na capital mato-grossense.

O motorista suspeito de ser o autor do acidente que matou o músico Carlos Eduardo de Avela, de 41 anos, no sábado (14) em Cuiabá, se apresentou na Delegacia Especializada de Trânsito (Deletran) acompanhado de seu advogado.

Segundo a Deletran, o condutor, que não teve o nome divulgado, foi ouvido e liberado por não estar em situação de prisão em flagrante.

O músico morreu ao sofrer um acidente na Avenida Dante de Oliveira (antiga Avenida dos Trabalhadores), no bairro Novo Horizonte, em Cuiabá.

O condutor do veículo, modelo Argo, foi interrogado, apresentou a versão dele sobre o acidente e foi liberado pela polícia.

Ainda conforme a Deletran, o inquérito policial está em andamento, aguardando laudos periciais e outros depoimentos que possam esclarecer as circunstâncias do acidente.

Caso seja comprovada a culpa do motorista, ele responderá pelos crimes de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veículo e omissão de socorro, sendo avaliada a hipótese de pedido de prisão do suspeito.

Conhecido como Kaká, Carlos participou de grupos de samba e outros movimentos culturais na capital mato-grossense.

No dia do acidente, o motorista fugiu. No entanto, os policiais conseguiram identificar o veículo.

Fonte: G1 MT