Cuidados como evitar aglomerações, usar máscara e manter mãos higienizadas devem permanecer.

Foto: Reprodução

Diante da estabilização do número de infectados pelo novo coronavírus no estado, Mato Grosso segue sem nenhum município com risco alto ou muito alto para infecção pelo novo coronavírus, de acordo com a classificação da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT). Cuiabá e Várzea Grande ainda estão no patamar considerado moderado.

As informações foram divulgadas em boletim publicado pelo Governo nesta segunda-feira (25), que aponta que outros 15 municípios também mantêm o risco moderado de contágio. São eles: Rondonópolis, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Primavera do Leste, Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Tangará da Serra, Mirassol D’ Oeste, Sapezal, Alta Floresta, Cláudia, São Felix do Araguaia, Vera e Ponte Branca.

SES-MT

casos agosto 24.png

No começo do mês, quatro municípios tinham risco muito alto de contágio Barra do Garças, Paranatinga, Arenápolis e Sorriso, o último a sair desse patamar. Ao todo, 23 municípios receberam classificação alta no começo do mês para a disseminação do coronavírus. Entre eles, Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Cáceres, Várzea Grande, Primavera do Leste, Jaciara, Sapezal, Mirassol D’ Oeste, Campo Novo do Parecis, Querência e Tangará da Serra.

Com a classificação de risco em “moderado” entre as recomendações da SES-MT estão a necessidade que se mantenha quarentena domiciliar para pessoas acima de 60 anos e grupos de risco, suspensão de aulas em escolas e universidades, distanciamento mínimo de 1,5m (um metro e meio) entre as pessoas, etc.

Outros 124 municípios estão na classificação baixa, o que significa que a taxa de crescimento de contaminação está abaixo de 25% e que a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está abaixo de 60%. Permanecem as  recomendações para que se evite aglomerações, que se mantenha as mães higienizadas e que se use máscaras.

PNB Online